Povo da Casa

Povo da Casa

Entre coletivos artísticos, movimentos autônomos, iniciativas comunitárias e associações do Bom Retiro, a Casa do Povo reúne projetos que fazem uso do espaço e participam de seu funcionamento. Essa comunidade autogerida, chamada Povo da Casa, desenhou uma série de acordos que garantem a sua participação na vida institucional. Forma-se, assim, um povo em constante construção – um encontro de iniciativas coletivas que driblam as diferenças culturais para criar um conjunto cuja unidade nasce de sua heterogeneidade e mobilidade.

Z0NA

Z0NA é uma iniciativa do coreógrafo Cristian Duarte para estar, criar, produzir, difundir, co/mover o pensamento e excitar a percepção com dança em companhia de artistas que gostam, apoiam e promovem o trânsito entre as diversas áreas do conhecimento, entre linguagens, criando contextos de experimentação e formação em dança na cidade de São Paulo.

Coral Tradição

Ensaios toda segunda, às 19h

O Coral Tradição canta exclusivamente na língua ídiche e desenvolve suas atividades na Casa do Povo desde 1989. Seu reperório é composto por músicas folclóricas e populares com o objetivo de preservar as canções e outros valores culturais criados em ídiche para transmiti-los às novas gerações.

Yoga para todes

Terças e quintas / Manhã e Noite

O projeto Yoga para Todes propõe uma prática de autoconhecimento e autocuidado que busca democratizar a atividade da yoga, tornando-a acessível  para todos os tipos de corpos. Saiba mais.

Ciclo de formação do voluntariado 2022

Inscrições encerradas

Nos dias 05 e 06 de fevereiro acontece a primeira formação do voluntariado em 2022. Será apresentada a história e funcionamento da Casa do Povo além das frentes de ação organizadas pelo voluntariado. Para ser voluntárie da Casa do Povo, recomendamos a participação nesta formação. Saiba mais.

Fundo FICA

Em residência na Casa do Povo

Iniciativa do Fundo FICA, o projeto Compatilha tem como objetivo oferecer alternativas dignas de moradia aos moradores de cortiços e pensões do bairro do Bom Retiro. 

Boxe Autônomo

Turmas presenciais de segunda à quinta

Partindo da experiência do esporte popular, o Boxe Autônomo oferece treinos de boxe na Casa do Povo com a proposta de uma academia livre e voltada ao bairro. Saiba mais sobre as novas turmas presenciais.

Parquinho Gráfico

Espaço de colaboração

Mantido por artistas, coletivos e designers, o Parquinho aproxima práticas de edição, design, impressão e acabamento que buscam gerar autonomia e autossuficiência para projetos e parcerias na produção gráfica.

Cooperativa Emprendedoras Sin Fronteras

Com um espaço de trabalho estabelecido na Casa do Povo, a cooperativa Empreendedoras Sin Fronteras realiza  produções têxteis em pequena e média escala em parceria com marcas, atuando no circuito da moda de forma consciente e trazendo remuneração justa para suas participantes.

Sabão do Povo

Articulação comunitária no Bom Retiro

Sabão do Povo é um coletivo de mulheres que desenvolve produtos naturais 100% artesanais, biodegradáveis, sem conservantes e aditivos químicos sintéticos, com preço justo e em sintonia com o meio ambiente.

Publication Studio São Paulo

PS_São Paulo é um projeto editorial que alia edição, produção e circulação de livros em seu espaço como busca por autossuficiência e investigação sobre a prática de publicar. O coletivo é residente da Casa do Povo e atua no espaço do Parquinho Gráfico.

Legítima Defesa

A Casa do Povo recebe o coletivo Legítima Defesa, selecionado pela chamada aberta da Residência para Coletivos realizada em 2019. Intercalando períodos de pesquisa com atividades públicas, a residência conta com uma série de intervenções.

Grupo Mexa

O Grupo MEXA se utiliza de táticas artísticas para defender e promover o encontro da diversidade da população em situação de vulnerabilidade social. O grupo foi selecionado em 2016 pela Residência para Coletivos e desde então continua usando o espaço para o desenvolvimento de suas práticas.

Círculo de Reflexão sobre Judaísmo Contemporâneo

O Círculo de Reflexão propõe leituras e conversas sobre temas candentes que envolvem a vida judaica, formando-se um espaço de diálogo qualificado pela contribuição dos participantes.

Coletivo Mitchossó

Mitchossó reúne pessoas da colônia coreana para compartilhar relatos e experiências pessoais, questionando assuntos considerados polêmicos ou proibidos dentro da comunidade a fim de criar novos laços de cumplicidade.

ColetivA Ocupação

A ColetivA Ocupação é encontro entre estudantes, artistas e performers que se conheceram durante as ocupações decorrentes da reorganização escolar proposta pelo Governo do Estado de São Paulo em 2015 e 2016.

Énois

A Énois usa o jornalismo como ferramenta para que o jovem possa interpretar o mundo à sua volta, questionar seu papel na sociedade e também atuar como jornalista.

Ocupeacidade

O Ocupeacidade é um encontro de pessoas interessadas em produzir coletivamente ações artísticas nos espaços públicos da cidade.

Coletivo de diálogo e diversidade de táticas

O grupo se foca na maneira que escutamos uns aos outros e como convivemos nos sistemas sociais, buscando contribuir para a construção de um mundo onde caibam muitos mundos.