Maratona Errorista
Etcétera (Buenos Aires)

Maratona Errorista
Etcétera (Buenos Aires)

1
2
3
4
5
1/5

A prova de pedestres denominada Maratona Errorista é a primeira e última corrida desse gênero.


Está tudo errado! A delação é premiada; a tarifa aumenta; a velocidade é liberada; a violência também; o crack se tornou assunto policial; o tempo desaparece e só nos resta correr atrás do prejuízo. Quando está tudo errado… talvez seja o caso de errar ainda mais um pouco. Ação errorista já! Para des-acelerar São Paulo: o último que chegar, ganha!


REGULAMENTO

1 – A PROVA

1.1. A prova de pedestre denominada MARATONA ERRORISTA, proposta pelo coletivo Etcétera, doravante denominada EVENTO, é realizada no dia 29 de julho de 2017 na cidade de São Paulo, com a participação de PESSOAS DE QUALQUER GÊNERO, doravante denominadas ATLETAS-ERRORISTAS, independentemente da condição climática.
1.2. O EVENTO é uma REALIZAÇÃO da Casa do Povo, cujo projeto teve o apoio do Proac Espaços Independentes 2016. As inscrições são realizadas EXCLUSIVAMENTE de forma livre e espontânea no dia do EVENTO.
1.3. O EVENTO tem LARGADA na Rua Três Rios, 252 e CHEGADA no mesmo endereço, em frente à Casa do Povo, conforme o percurso improvisado na ocasião do EVENTO.
1.4. O início do EVENTO está previsto para as 15h com a entrega do kit atlético.
LARGADA: a partir das 16h em pelotão desorganizado. A ORGANIZAÇÃO solicita extrema atenção às chamadas do PERSONAL TRAINER COLETIVO na área de LARGADA para eventuais ajustes nos respectivos horários.

2 – DAS INSCRIÇÕES

As inscrições são feitas na hora, por ordem de chegada. A Casa do Povo disponibiliza 60 (sessenta) vagas para inscrição. O valor da inscrição é nulo.
a. A ORGANIZAÇÃO disponibiliza kits atléticos nos termos do item 3 deste regulamento.
b. Ao se inscrever no EVENTO o ATLETA-ERRORISTA o faz de forma pessoal e transferível, havendo possibilidade de transferência dessa inscrição para outro ATLETA-ERRORISTA.

3 – RETIRADA DE KIT ATLÉTICO

a. Além do NÚMERO DE PEITO, o ATLETA-ERRORISTA poderá receber:
- Jornal ERRORISTA do EVENTO;
- Cobertor ERRORISTA;

- Pedaços de pizzas;
- Outros.
b. O participante fica ciente de que a responsabilidade do uso indevido do cobertor é de sua exclusiva responsabilidade, bem como a escolha coletiva dos sabores da pizza ao final do EVENTO.
c. A entrega do kit atlético é realizada no dia do EVENTO na Casa do Povo.
d. Com o kit atlético, o ATLETA recebe instruções e o NÚMERO DE PEITO. Cada NÚMERO DE PEITO corresponde a uma das 48 LEIS DO PODER, extraídas do livro de cabeceira do Prefeito João Doria. A qualquer momento, o ATLETA-ERRORISTA pode ser convocado pelo PERSONAL TRAINER coletivo a ler a lei correspondente ao seu número, redigida abaixo do mesmo.

4 – CLASSIFICAÇÃO DO EVENTO E PREMIAÇÃO

a. A classificação dos ATLETAS-ERRORISTAS na prova é inversa à sua colocação (tempo/ordem de CHEGADA) e é anunciada no fim do EVENTO sem publicação posterior.
b. Todo ATLETA-ERRORISTA que completar o EVENTO tem direito à seguinte premiação:
- No EVENTO, entrega de um troféu para o último ATLETA-ERRORISTA que completar a prova.
- Como tudo em São Paulo, o EVENTO termina em pizza.

6 – REGRAS GERAIS DO EVENTO E CONSIDERAÇÕES FINAIS

a. O ATLETA-ERRORISTA que em qualquer momento propõe novas regras para este REGULAMENTO poderá ver essas mesmas regras acatadas pela ORGANIZAÇÃO.

b. A ORGANIZAÇÃO pode, conforme as necessidades do EVENTO, incluir ou alterar este REGULAMENTO, total ou parcialmente.

A participação do ATLETA-ERRORISTA no EVENTO é errada.


Criado no ano 1997 em Buenos Aires, o Etcétera conta atualmente com Loreto Garín Guzmán (Chile) e Federico Zukerfeld (Argentina), e, desde o princípio, atua no cruzamento de militância, poesia e teatro. Entre suas ações estão escrachos denunciando genocidas da ditadura militar argentina (1976-1983) e ativações artísticas ligadas aos movimentos sociais durante a crise de 2001. Conjuntamente à rede de artivistas, em 2005 fundaram o Movimento Internacional Errorista que, com senso de humor crítico de viés surrealista, exalta o erro como experiência fundamental de desvio às formas especulativas e racionalistas do capitalismo contemporâneo.

1/3
  • Dezembro 2018
  • Junho 2018
  • Julho 2018
  • Agosto 2018
  • Setembro 2018
  • Outubro 2018
  • Novembro 2018