Oficina Arquivo Vivo
Caminhos de reativação dos arquivos da Casa do Povo

Oficina Arquivo Vivo
Caminhos de reativação dos arquivos da Casa do Povo

tempora
1/1

05 e 06 de abril, das 19h às 22h

07 de abril, das 10h às 17h

Como tornar público um acervo público?


Se a memória representa uma ferramenta crítica na construção do presente, como fazer do arquivo e da biblioteca lugares que não aprisionem as histórias, mas que abram espaço para narrá-las de novo, de novo e de novo?


Como um arquivo pode contar a história de um espaço construído por vozes múltiplas e contraditórias?


Essas são algumas das perguntas que guiam a oficina Arquivo Vivo: caminhos de reativação dos arquivos da Casa do Povo que está com inscrições abertas até 02 de abril. A oficina faz parte do projeto de reativação do acervo da Casa do Povo, que acontecerá ao longo deste ano.


Voltado para estudantes, profissionais e interessados em arquivos e bibliotecas, o encontro propõe discutir publicamente formatos possíveis para esse acervo, levando em conta tanto o material histórico já armazenado na instituição, como os formatos pouco convencionais das coleções e arquivos produzidos atualmente pelos grupos que habitam a Casa.


Para contribuir com a discussão, convidamos algumas bibliotecas e arquivos da cidade, como o Centro de Memória do Museu Judaico, a Biblioteca comunitária do MTST Povo Sem Medo, a biblioteca do Centro Cultural São Paulo, as bibliotecas do Sesc, assim como curadora e pesquisadora Ana Pato, especialista em arquivos, arquivos de mídias digitais e arte contemporânea.

1/3
  • Dezembro 2018
  • Junho 2018
  • Julho 2018
  • Agosto 2018
  • Setembro 2018
  • Outubro 2018
  • Novembro 2018