Black Brecht: E se Brecht fosse Negro?
Resultados de busca: (31)

Black Brecht: E se Brecht fosse Negro?

12 e 13 de março, 19h / Temporada / 2020

E se Brecht fosse Negro? Qual seria o lugar ocupado pela raça? Sua obra seria lida por uma perspectiva interseccional? Guiado por estas questões, o coletivo Legítima Defesa apresenta o espetáculo Black Brecht: E se Brecht fosse Negro?, que integra a programação da mostra de artes cênicas FarOFFA

Legítima Defesa Residência para Coletivos

Fevereiro a abril / 2020 - Confira a programação

A Casa do Povo recebe o coletivo Legítima Defesa, selecionado pela chamada aberta da Residência para Coletivos realizada em 2019. Intercalando períodos de pesquisa com atividades públicas, a residência conta com uma série de intervenções.

Chamada aberta 26ª Feira Tijuana

Inscrições até 07 de abril / 2020

A Feira Tijuana é a primeira feira de publicações e livros de artista organizada no Brasil. As inscrições estão abertas até 7 de abril.

E se as mulheres governassem o mundo? Yael Bartana

08 de dezembro, 17h / Conversa aberta / 2018-19

Conversa aberta com a artista israelense Yael Bartana sobre seu projeto em andamento E se as mulheres governassem o mundo? [What if the women ruled the world?]

PF Kadija de Paula

2017

Casa do Povo 65 anos!

11 de agosto, das 13h às 22h / 2018

Comemorando 65 anos, o aniversário da Casa do Povo acontece com programações simultâneas, gratuitas e espalhadas por todos os andares.

Black Shabat Maurício Ianês

Projeto em andamento / 2018

Black Shabat é uma programa de encontros regulares que busca ampliar a experiência do som, quebrando seus limites e criando uma zona de instabilidade e pesquisa.

Black Shabat #3 Raquel Krügel e Test Black

18 de maio, 20h / 2018

Revolta Lilith

15 de março a 01 de abril, 20h / 2018

Fruto do encontro entre 15 mulheres multi-artistas de diferentes áreas, e com direção de Martha Kiss Perrone, Revolta Lilith se concentra na fronteira entre a performance, o teatro e o cinema.

THE DANCE Thomas Dupal (França)

17 de outubro, 18h30 / Eventos acolhidos / 2018

THE DANCE, de Thomas Dupal, é uma prática de improvisação em dança lúdica, e as vezes catártica. Um espaço para expressão corporal radical através do movimento, à procura de estados de transe naturais: longe das palavras, longe das imagens.

Aos Vivos (Antígona) – debate n.2 Nuno Ramos

21 de outubro, 22h / Obras comissionadas / 2018

Aos Vivos, de Nuno Ramos, é uma série de três peças apresentadas simultaneamente aos debates eleitorais para a presidência de 2018 e que acontecem no Galpão do Folias, Casa do Povo e IMS/São Paulo.

Rejuvenesça! uma mostra-manifesto

26 de outubro a 04 de fevereiro / Exposição em processo / 2018-19

A iniciativa nasceu de Renata Lucas e do grupo de artistas aqui reunido, essa mostra-manifesto se levanta, inconformada, contra a indiferença perante a situação de exceção que estamos vivendo, convocando a potência da arte para torcer o nosso tempo e tensionar o nosso contexto.

TravaLíngua TransOpera Meu fracasso é minha vitória

20 a 30 de novembro / Eventos acolhidos / 2018

Chamada aberta para travestis, transex, homens e mulheres trans, pessoas não binárias, negrxs, bichas, pocs e mulheres sapatão.

Rejuvenesça! em processo Arto Lindsay e Rodrigo Andrade

08 de dezembro, a partir das 17h / Ativações / 2018

Em processo na Casa do Povo desde outubro, a mostra-manifesto Rejuvenesça! realiza duas novas ativações, com uma apresentação de Arto Lindsay (foto) e a abertura do trabalho de Rodrigo Andrade.

Lançamento Nossa Voz #1019

16 de fevereiro, a partir das 13h / Publicações / 2019

O noticiário do fim do mundo poderia preencher as páginas desta edição do jornal Nossa Voz, elaborada ao longo de 2018 em meio a tantas situações extremas. O jornal Nossa Voz é uma publicação permanente e gratuita da Casa do Povo.

Temporada 2019 Quando Quebra Queima

15, 22 e 29 de março, 20h / Performance / 2019

Depois de 1 ano da sua estreia na Casa do Povo, e de uma circulação por diversos espaços da cidade, a coletivA Ocupação apresenta uma nova temporada de Quando Quebra Queima.

Poéticas de resistência descolonização e imagem

04 e 06 de abril, 19h e 13h30 / A Casa acolhe / 2019

A Casa do Povo e o Parquinho Gráfico recebem a artista Sallisa Rosa para dois encontros de debate e produção em torno da colonização, com enfoque nos povos indígenas, como processo em andamento.

Biblioteca

Tuesday to Saturday, 2 pm to 7 pm

A Biblioteca materializa uma série de convivências invisíveis e saberes coletivos que acontecem diariamente na Casa do Povo, colocando em um mesmo lugar práticas que normalmente acontecem em tempos e espaços separados.

50 tons de vermelho Rodrigo Andrade

Obras comissionadas

50 tons de vermelho (2018) traz variações dessa cor que, no campo político, alude historicamente a movimentos progressistas. A presença visual da obra também deixa rastros que contam sobre seu processo de realização.

Grupo Mexa

O Grupo MEXA se utiliza de táticas artísticas para defender e promover o encontro da diversidade da população em situação de vulnerabilidade social. O grupo foi selecionado em 2016 pela Residência para Coletivos e desde então continua usando o espaço para o desenvolvimento de suas práticas.

Estudos do comum

13 a 16 de novembro / Projetos / 2019

O programa propõe reunir agentes que compartilham e reinventam diariamente a noção de comum em contextos e espaços diversos: o quilombo urbano Casa Tainã, em Campinas, o Instituto Procomum, em Santos, o Casco Art Institute, em Utrecht (Holanda) e a Casa do Povo, em São Paulo.

Supremacia humana: o projeto falido por Daniel Lie

10 de agosto a 28 de setembro / Projetos / 2019

Supremacia humana: o projeto falido uma instalação site-specific é pensada como oferenda para a Casa do Povo.  O trabalho tem como protagonistas seres além-de-humanos, como fungos e bactérias, que se multiplicam e se transformam no decorrer da exposição.

Encontros de Música Judaica

10 de agosto, 15h / Eventos acolhidos / 2019

Os Encontros de Música Judaica propõem, através de conversas, escutas musicais coletivas e presença de convidados do mundo da música, reflexões sobre narrativas sonoras e percepções estéticas ligadas à cultura judaica ao redor do mundo.

DESLOCAR É PRECISO

15 a 25 de julho / Projetos / 2019

O projeto Lanchonete<>Lanchonete é um dos coletivos e artistas convidados pela Casa do Povo para imaginar o futuro jardim da instituição. Por meio de ações e conversas, que acontecem dentro e fora da Casa, seus integrantes partem das suas experiências de deslocamento para pensar o comum.

Mutirão de (des)organização Mariana Lanari

20 de julho / Inscrições abertas / 2019

Junto com a artista Mariana Lanari, um mutirão de leitores irá acelerar o mapeamento coletivo da Biblioteca da Casa do Povo. A separação por idioma e estado de conservação soma-se à critérios menos objetivos, a serem articulados coletivamente pelo grupo.

Exibição Ex-Pajé Cura Bra Cura Té

28 de junho, 20h / Eventos acolhidos / 2019

A Casa do Povo acolhe o artista Ernesto Neto para duas sessões de filmes com debates, que se unem à instalação Cura Brá Cura Té, parte da exposição Sopro, em cartaz na Pinacoteca do Estado de São Paulo até 15 de julho.

Cozinha Aberta Almoço compartilhado

Sextas, das 13h às 15h / Bairro

Nas sextas-feiras de junho, a Metacozinha acolhe uma série de almoços preparados com alimentos descartados da feira da rua Antônio Coruja, do Bom Retiro. A ideia é que as refeições continuem a ser preparadas na Casa do Povo de forma que todos possam colaborar, tanto quem cozinha como quem almoça.

Cozinha aberta Por que fazer arte se falta comida? por Universidad Desconocida

03 a 31 de maio / Sextas, 13h às 15h / 2019

Durante o mês de maio, a UU propõe a cozinha da Casa do Povo aberta para o bairro com refeições feitas a partir da coleta da xepa da feira na rua Antônio Coruja, no Bom Retiro.

Rózà

25 e 26 de junho, 20h30 / Espetáculo multimídia / 2019

Rózà é um espetáculo multimídia construído a partir das cartas e textos de Rosa Luxemburgo. Em uma relação entre o teatro e o cinema através de projeções e imagens, a peça traz a figura revolucionária de Rosa para o presente, em diálogo com as lutas e insurgências de hoje.

Oficina Kombucha Kuir por Universidad Desconocida

11 de maio, 14h às 18h / Inscrições abertas / 2019

Nesta oficina colaborativa, participantes são convidados a trazer de casa legumes prestes a apodrecer que serão utilizados na produção de fermentados com vinagres e açúcar.

Cidade por Mark Lewis

06 a 27 de abril / Exposição / 2019

Cidade apresenta dois filmes inéditos do artista anglo-canadense Mark Lewis comissionados pela Casa do Povo. Os filmes são exibidos de forma contínua dentro do horário de funcionamento.